MINISTRO DA JUSTIÇA VAI ACABAR COM A GUERRILHA URBANA DO MST

Os movimentos “ditos” sociais, MST, CUT e outros com menos visibilidade – acostumados a infernizar a vida dos cidadão comuns nas grandes cidades e estradas brasileiras, interrompendo o trânsito e provocando enormes problemas a economia nacional acabam de ganhar seu maior inimigo, o novo Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Michel Temer “visualizou” no advogado, promotor de justiça e até a semana passada Secretário de Segurança Pública de São Paulo,  Alexandre de Moraes o “homem certo para o lugar certo”. Para o novo Ministro da Justiça, quem, sem poder, “suprime e proíbe” o direito de ir e vir do cidadão comum, queimando pneus em vias púbicas e estradas,  está “subvertendo a lei” e tem de ser tratado como criminoso. Moraes adverte que quem se comportar como bandido, terá tratamento reservado aos criminosos.

O Ministro Alexandre de Moraes é sabidamente um “homem de linha dura” e já foi criticado por movimentos sociais por autorizar o uso de força policial para cumprir reintegração de posse em locais públicos ocupados por estudantes e integrantes dos sem teto MTST na capital paulista.

Moraes, se diz admirador do Juiz Sérgio Moro. Já garantiu a disponibilização de todos os meios necessários para que a Polícia Federal continue atuando à pleno na Operação Lava Jato.