Vida em risco: Marcelo Bretas, juiz da Lava Jato no Rio pede escolta e carro blindado

O Cristalvox publicou no final da noite desta segunda, 13 de fevereiro que circulava a informação de que o Juiz Marcelo Bretas estava marcado para morrer. Não se tratava de uma “ilação” ou especulação. Nada de relativizar uma ameaça aos juízes da Lava Jato. De há muito tempo “bandidos” são escalados para fazer medo a Magistrados e Procuradores da Lava Jato.  É FATO!

INFORMA O ESTADÃO: Responsável pela prisão do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) e de Eike Batista, o juiz federal Marcelo da Costa Bretas precisou pedir à Justiça escolta e carro blindado. A solicitação foi feita ao Tribunal Regional Federal (TRF) da 2ª Região em decorrência de “situações suspeitas”, disse uma fonte.

Na sexta-feira, o titular da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, responsável pelos desdobramento da Lava Jato no Estado, tornou réus na Operação Eficiência Eike Batista e o ex-governador do Rio por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Bretas aceitou denúncia do Ministério Público Federal apresentada no mesmo dia.

Eike foi acusado pela força-tarefa da Lava Jato de ter pago US$ 16,5 milhões em propina ao esquema liderado por Cabral para ter benefícios em seus negócios. Já o ex-governador foi acusado por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Ambos estão presos no complexo penitenciário de Gericinó, em Bangu, na zona oeste do Rio. O ex-governador do Rio já é réu em três ações penais.

O texto é da jornalista Mariana Sallowicz e a foto é de Marcos Arcoverde