COMPARTILHAR

“Traficante dá menos trabalho” O juiz também afirmou durante o almoço que julgar grandes traficantes de drogas “dá menos trabalho” que julgar os réus da Operação Lava Jato – empreiteiros e políticos poderosos, condenados por corrupção passiva e ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa. “Eu até falei brincando outro dia, que a gente estava ‘doido’ para voltar a julgar grandes traficantes de drogas. Dá menos trabalho.”

O juiz admitiu que está “cansado” de conduzir tantas ações da Lava Jato na 13.ª Vara Federal de Curitiba, de sua titularidade. Mas afirmou que não pretende parar. “É verdade que estou cansado. Tem sido um trabalho duro, mas não há nenhuma previsão concreta de eu deixar a 13.ª Vara.”.
Conteúdo Estadão, editado pelos jornalistas Julia Affonso, Luiz Vassallo e Fausto Macedo.