Serra rejeita entregar presidência do Mercosul à Nicolas Maduro

“A República Bolivariana da Venezuela rejeita as declarações insolentes e amorais do chanceler em exercício do Brasil”, escreveu Rodríguez no Twitter, em meio às comemorações pelo 205º aniversário da independência do país.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

“Serra se soma à conjura da direita internacional contra a Venezuela e viola princípios básicos que regem as relações internacionais”, postou a ministra, que integra o círculo mais próximo do presidente Nicolás Maduro.

A escalada ocorre no mesmo dia em que Serra propôs adiar a transferência da presidência rotativa do Mercosul para a Venezuela, prevista para a próxima terça (12).

“Buscamos uma solução que dê maior prazo, até agosto, quando a Venezuela precisa cumprir com as pré-exigências do Mercosul”, disse Serra em Montevidéu, após encontro com o presidente uruguaio, Tabaré Vázquez

A ministra de Relações Exteriores da Venezuela, Delcy Rodríguez, rebateu nesta terça-feira (5), em tom ríspido, as reiteradas críticas do colega brasileiro, José Serra, ao governo chavista.

Conteúdo Folha

%d blogueiros gostam disto: