PT culpa Lava Jato pela derrota eleitoral

O desespero do Partido dos Trabalhadores em tentar justificar a derrota na eleição do último dia 02 de outubro é patética, hilária e até mesmo ridícula. Seus dirigentes apontam o efeito e não a causa da derrocada. Lava Jato, procuradores, policiais e juízes seriam os únicos responsáveis pela escandalosa e criminosa “jornada” do PT na Petrobrás, Eletrobras, Nuclebras, BNDES e no próprio governo.  Como se o PT não tivesse permitido o “inchaço” da máquina estatal e o surgimento de uma “casta” de endinheirados, acomodados principalmente nas carreiras jurídicas.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

O Estadão publica hoje, 10, editorial sobre a derrocada do Partido dos Trabalhadores, que chama de “A choradeira dos sem votos”

“Ao debater os rumos do partido depois da devastadora derrota eleitoral que lhe custou a perda de 379 (60%) das 635 prefeituras que comandava em todo o País, a Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) chegou à conclusão de que a culpa pelo desastre deve ser debitada ao fato de que “há um Estado de exceção em andamento” e nesse contexto “o aprofundamento da crise econômica, a criminalização do PT e a ação corrosiva da mídia monopolizada erodiram a base eleitoral progressista”. Em resumo, o PT e os petistas são apenas vítimas e não responsáveis pelo retumbante fracasso.




O PT insiste em se apresentar como vítima daqueles que não querem o bem do País, ignorando o fato de que o “massacre” – nas palavras de seu presidente, Rui Falcão – que resultou em sua derrota nas urnas não é a causa, mas a consequência dos seus próprios erros e contradições reiterados ao longo dos 13 anos em que permaneceu no poder. “

%d blogueiros gostam disto: