Prisão à vista: Paulo Akamoto, do Instituto Lula pede Habeas Corpus preventivo

A defesa de Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula, entrou com um pedido de habeas corpus preventivo junto ao juiz Sergio Moro.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

O advogado Fernando Fernandes, representante de Okamotto, entrou com o pedido em “repressão à denúncia” e em prevenção à decisão “que já se sabe estar a caminho”.

Radar Veja

%d blogueiros gostam disto: