Candidatos a governador no Amapá 2018

Candidatos a governador no Amapá 2018


 Capi (PSB)

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) confirmou em 4 de julho a candidatura do senador João Alberto Capiberibe ao governo do Amapá. A decisão da chapa aconteceu na quadra de uma escola em Macapá e terá o professor Marcos Roberto (PT) como candidato a vice.

O zootecnista João Alberto Rodrigues Capiberibe nasceu em 1947 e tem 71 anos. Ele Natural de Afuá, no Pará, e já foi prefeito de Macapá e governador do estado entre o 1995 e 2012. Ocupa o cargo de senador da república desde 2010.

Cirilo Fernandes (PSL)

Em 4 de julho, o Partido Social Liberal (PSL) oficializou o nome de Antônio Cirilo Fernandes para a disputa ao governo do Amapá. É a primeira vez que ele concorre ao cargo e terá o colega de legenda e policial Jozean Torres como candidato a vice. A decisão foi por aclamação na convenção partidária.

Cirilo Fernandes é amapaense. Na política, testou o nome para deputado estadual e vereador. Ele informou que o eixo central das propostas de governo será a economia. Apesar de ser a primeira disputa ao Executivo, o candidato do PSL já disputou eleições anteriores para deputado e vereador, mas não conseguiu se eleger.

 Davi Alcolumbre (DEM)

O Democratas confirmou na noite de 3 de julho a candidatura de Davi Alcolumbre ao governo do Amapá. A decisão da chapa aconteceu num ginásio público na orla de Macapá. O postulante atualmente é senador e concorre pela primeira vez ao Executivo estadual.

A vice será a enfermeira Silvana Vedovelli (PP). Davi tem 41 anos e estudou economia antes de ingressar na política pela primeira vez em 2000. Foi o vereador eleito mais jovem de Macapá. Foi escolhido deputado federal em três mandados consecutivos (2002, 2006 e 2010) em 2014 conquistou vaga no Senado.

Gianfranco Gusmão (PSTU)

O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) definiu o nome de Gianfranco Gusmão como candidato ao governo do Amapá em convenção partidária realizada em 27 de julho. O cobrador de ônibus Amiraldo Brito foi indicado como vice na chapa.

Gianfranco Gusmão de Azevedo, de 45 anos, é professor das redes pública e privada no estado e milita no PSTU há mais de duas décadas. Ele disputará um cargo político pela primeira vez.

Waldez Góes (PDT)

O atual governador do estado, Waldez Góes, foi oficializado pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT) como candidato a reeleição. A decisão foi por aclamação e confirmada em convenção na noite 4 de julho num ginásio público na orla de Macapá. O empresário Jaime Nunes (PROS) foi anunciado como vice na chapa.

Waldez Góes tem 56 anos e é servidor público. Disputou pela primeira vez um cargo em 1990, sendo o deputado estadual mais votado naquela disputa. Foi reeleito em 1994. Em 2002, na segunda tentativa, foi eleito governador do Amapá, cargo que ocupou até 2010, sendo escolhido novamente em 2014.

 

 

 

 

 



Compartilhe