“Policiais” “teriam” assaltado atleta neozelandês no Rio

ATLETA DE JIU-JITSU DA NOVA ZELÂNDIA DIZ TER SIDO ASSALTADO POR POLICIAIS, NO RIO. NEOZELANDÊS DIZ QUE TEVE DE FAZER SAQUES EM CAIXAS, NO RIO.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

A 12 dias do início dos Jogos Rio 2016, o atleta neozelandês Jason Lee diz ter sido vitima de “seqüestro relâmpago” por homens vestidos com uniformes da polícia para levantar dinheiro de duas caixas eletrônicos.
Atleta de Jiu-Jitsu, Jason Lee mudou-se em fevereiro para o Brasil para treinar, e contou sua história neste domingo (24), nas suas contas de Facebook e do Twitter: teria sido raptado por um grupo de homens vestidos de policiais e obrigado a retirar de caixas eletrônicos elevada soma de dinheiro, segundo informou o jornal NZ Herald on line.

“Fui ameaçado de prisão se não entrasse no carro privado deles para os acompanhar a dois caixas, a fim de levantar uma avultada soma de dinheiro para um suborno”. Depois o atleta comenta: “Não sei o que é mais deprimente, se isto acontecer a estrangeiros tão perto do início dos Jogos Olímpicos, se o fato de os brasileiros terem de viver numa sociedade que permite diariamente esta absoluta porcaria”.

O caso, que acontece a 12 dias do início dos jogos, é relatado também pela namorada de Lee, a jornalista neozelandesa Laura McQuillian, na sua conta de Twitter: “O meu namorado foi abordado por agentes da Polícia Militar que levaram a dois caixas e o forçaram a levantar dinheiro”.

Conteúdo Diário do Poder

%d blogueiros gostam disto: