PMDB de Porto Alegre se “junta” aos inimigos de Temer que chamam o presidente de GOLPISTA

O candidato à prefeitura de Porto Alegre pelo PMDB, Sebastião Melo não entendeu muito bem como foi costurada a queda de Dilma Rousseff  para que seu companheiro de partido, Michel Temer assumisse a presidência da república. Talvez Melo viva em outro país. Os eleitores da capital dos gaúchos ainda não foram avisados que um dos postulantes ao cargo de prefeito tenha  trocado de lado e hoje seja inimigo de Temer.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Porto Alegre foi uma das cidades mais ativas durante os movimentos de rua que “clamavam” pela destituição de Dilma e do PT do poder. Seus moradores se vestiram de verde e amarelo e saíram felizes, com a certeza  de que seu grito seria ouvido… E foi!   Dilma caiu…

Mas só Sebastião Melo não entendeu. Aliou-se ao que tem de mais radical contra as ruas, contra a democracia. O PDT de Carlos Lupi, um servo do PT que se “ajoelhava” para beijar mãos não tão limpas como a Lava Jato está a mostrar. Aceitou ter a seu lado, como candidata a vice-prefeita,  a deputada estadual do PDT, Juliana Brizola, neta do “caudilho” e ferrenha defensora de Dilma. Portanto,  inimiga pública de Michel Temer a quem sempre chamou de GOLPISTA.

Agora, há menos de 96 horas do segundo turno, com sua candidatura fazendo água, Sebastião Melo cai nos braços do PC do B, o partido de Jandira Feghali, àquela que chama  todo o dia Michel Temer de GOLPISTA…

Porto Alegre já entendeu quem está do lado do povo “do bem” e quem  está a se “bandear” para o lado dos “larápios” que roubaram bilhões do Brasil.

Sebastião Melo está cego… Não sabe que com seu gesto está sepultando, definitivamente, também a candidatura de Eliseu Padilha em 2018.

%d blogueiros gostam disto: