COMPARTILHAR

Os dados sobre o desempenho da economia brasileira entre julho e setembro deste ano foram divulgados na manhã desta sexta-feira

A economia brasileira ficou praticamente estagnada no terceiro trimestre de 2017 em relação aos três meses encerrados em junho. O crescimento foi de 0,1%, variação considerada estável pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado acontece após dois trimestres consecutivos de alta neste tipo de comparação, segundo os dados do Produto Interno Bruto (PIB) divulgados nesta sexta-feira.

Com os números do terceiro trimestre, o acumulado no ano é de 0,6%. Já em relação a igual período de 2016, o crescimento foi de 1,4%. A produção de riquezas nos três meses encerrados em setembro somou 1,641 trilhão de reais, segundo o IBGE.

Com os números do terceiro trimestre, o acumulado no ano é de 0,6%. Já em relação a igual período de 2016, o crescimento foi de 1,4%. A produção de riquezas nos três meses encerrados em setembro somou 1,641 trilhão de reais, segundo o IBGE.

Com os números do terceiro trimestre, o acumulado no ano é de 0,6%. Já em relação a igual período de 2016, o crescimento foi de 1,4%. A produção de riquezas nos três meses encerrados em setembro somou 1,641 trilhão de reais, segundo o IBGE.

Conteúdo Veja – Foto de Marcelo Brandt G1

COMPARTILHAR