Ministro da Saúde manda reabrir processo de demissão do médico Milton Pires no Hospital Conceição

Acabou a perseguição política no  Hospital Conceição.  A recente mudança de toda Direção do “maior grupo hospitalar do Sul do Brasil” – o Grupo Hospitalar Conceição – em Porto Alegre está mexendo com os nervos de alguns dos antigos “gerentes” e “coordenadores”  filiados a partidos satélites do PT,  que colaboraram de forma decisiva para a descaracterização de um hospital público em sub-sede da Orcrim..


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Processos administrativos de puro cunho ideológico,  coordenados  por advogadas com registro da OAB de outros estados e escolhidos “a dedo” para criminalizar adversários serão  reabertos.  O caso mais emblemático  é o do médico Milton Simon Pires que foi acusado, falsamente, entre outras coisas, de  ter agredido  uma médica dentro da UTI.

O “pau” do circo caiu! A justiça criminal do Rio Grande do Sul, provocada pela suposta agredida decidiu  arquivar o processo por não vislumbrar nenhum indício de crime.  Como nada foi provado, a comissão “bolivariana” sindicante,  viu no “conjunto da obra”: queixas, mentiras, fofocas de meses e até anos, somadas a revolta pública  do médico Milton Pires para destruir sua reputação  e usar de através das “avaliações funcionais” como médico  para  exonerá-lo por “justa causa”.

Como giza o Cristalvox, Milton Pires  era um dos mais ferrenhos críticos da gestão ideológica que transformou o GHC num gigantesco posto de saúde cubano,  caracterizado pela corrupção generalizada, contratos fraudulentos e perseguições a funcionários concursados.

Se a nova direção do GHC for integrada por patriotas que saíram às ruas para exigir mudanças e acredita que Eliseu Padilha se credencia para ser o futuro governador do Rio Grande, não pensará duas vezes: Reabrirá o  processo administrativo, punindo quem “falseou” com a verdade,  acolhendo quem foi “coagido” e punindo que foi conivente com “as barbaridades”  de que foi vítima um homem que sempre teve por vocação SALVAR VIDAS!

Muita gente vai perder o sono, ou melhor: Já não dorme tem um par de dias…

 

%d blogueiros gostam disto: