Início Mundo Michael Douglas se antecipa a denúncia e nega abuso sexual

Michael Douglas se antecipa a denúncia e nega abuso sexual

23
COMPARTILHAR
Michael Douglas

Antes de acusação vir à tona, ator refuta alegação feita por ex-funcionária de que ele teria se masturbado em sua frente

Em entrevista para o site Deadline, o ator Michael Douglas rebateu uma acusação de assédio sexual que, segundo ele, o veículo concorrente The Hollywood Reporter estaria apurando, com base no depoimento de uma antiga funcionária.

Segundo Douglas, uma mulher que trabalhou em sua empresa mais de 30 anos atrás, não identificada na entrevista, diz que ele teria se masturbado em sua frente, usado palavras impróprias e, após demiti-la, impedido sua contratação por outras empresas da indústria do entretenimento. O ator, que teria sido informado a respeito da reportagem por seu advogado, admitiu que pode ter usado termos chulos na frente dela, pelo que se desculpa, mas rechaçou como falsa a acusação de que teria se masturbado em sua frente e, mais tarde, prejudicado sua carreira. ‘Mentira completa’, disse.

O ator afirma ao site Deadline que se lembra da funcionária como uma mulher ‘inteligente’, ‘sofisticada’, ‘bom senso de humor’, ‘feminista atuante’ e diz que não teve mais contato com ela nas últimas décadas. Sobre a decisão de vir a público antes da denúncia, o ator argumentou que preferiu antecipar-se à repercussão e ‘dividir com o público’ sua versão. Segundo Douglas, a reportagem do Hollywood Reporter teria lhe informado que a história seria logo publicada porque temia que a ex-funcionária contasse a mesma história à revista Variety.

Na entrevista, Douglas diz que apoia ‘de coração’ a campanha antiassédio #metoo e que denúncias sem base factual são prejudiciais à causa. O ator também afasta a possibilidade de que, na esteira desta primeira denúncia, outras apareçam, numa avalanche de acusações já vista contra outros figurões de Hollywood.

Conteúdo Veja

COMPARTILHAR