ônibus olímpico

Metralhado ônibus de jornalistas na olimpíada

Um ônibus utilizado para transportar jornalistas brasileiros e estrangeiros entre as arenas da Olimpíada foi atingido e teve as janelas quebradas por volta das 19h30 desta terça-feira (9).
O veículo saía do Complexo de Deodoro, na Zona Oeste, em direção ao Parque Olímpico da Barra, na Zona Oeste.
A principal suspeita, segundo as primeiras informações, é de que ônibus tenha sido atingido por pedras, na altura de Curicica. A autoria dos ataques será investigada pela polícia.
Pelo menos um jornalista, o bielorrusso Artur Zhol, teve um ferimento leve.
“A gente estava voltando do basquete, jogo Brasil e Bielorrússia, eu sentei perto da janela e ouvi um ‘buu’ pequeno, não foi muito alto. O vidro quebrou, ficou destruído e todos os jornalistas se jogaram no chão. Paramos perto de um carro de polícia, o policial entrou no ônibus, olhou, observou e seguimos o trajeto”, contou Artur Zhol, jornalista de Belarus, que sofreu um pequeno corte no dedo.
Segundo o Comitê Rio 2016, o veículo já está no Parque Olímpico e foi levado para um pátio. Ainda de acordo com a assessoria de imprensa dos Jogos, não há informações sobre feridos ou sobre o que, de fato, aconteceu.
A Polícia Rodoviária Federal informou que não acompanhava o coletivo no momento em que o veículo foi atingido. O Comitê Rio 2016 informou que a Polícia Civil está responsável pela apuração do que ocorreu.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

G1