marcelo-odebrecht  Michel Filho Agência O Globo

Marcelo Odebrecht finalmente “relaxa o esfíncter”, e joga “cocô” no ventilador

Certamente, no relato minucioso feito por Marcelo Odebrecht aos investigadores da Lava Jato, não se falou só de flores, de amores, de perfumes… O conteúdo da sua confissão, por certo, mergulhou na podridão do poder. Incursionou nas mais profundas camadas da corrupção da qual foi personagem de primeira ordem. Marcelo Odebrecht, acuado e com medo,  optou trocar 100 anos de condenação,  por um fio de verdade, mesmo que essa tenha sido revelada minimamente. A justiça vai lhe conceder “mil perdões”!  Porém,  o filho pródigo do Clã Odebrecht, em troca, abriu as portas do inferno para os comandantes da Orcrim, mais conhecida por Partido dos Trabalhadores.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

O Antagonista revela na tarde desta quarta, 17, o fim da quadrilha que acabou com a “auto-estima” do povo brasileiro.
Diogo, Mário e Cláudio contam que: “Marcelo Odebrecht falou aos procuradores da Lava Jato, finalmente. O Antagonista soube que dias atrás ele contou, do início ao fim, como funcionava o esquema do petrolão.”

Quando terminou, foi aplaudido pelos integrantes da Lava Jato.