Lula, mesmo investigado, “contrabandeou” malas de dinheiro para o exterior

O Cristalvox não publica notícia falsa. O Cristalvox consegue ler o que muitos jornalistas e alguns veículos de imprensa sabem mas não tem a coragem de contar a verdade. Insinuam crimes, “sugerem” a práticas de atos não republicanos, mas como muitos tem o “rabo preso” ficam relativizando o óbvio.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

A revista Veja – edição 2506 – publicada neste final de semana, traz uma matéria assinada pelo jornalista RODRIGO RANGEL,   sendo verdadeira, mostra que parte da Policia Federal ainda respira “o oxigênio contaminado” produzido pela organização criminosa que governou o Brasil por 13 anos e que parece ainda sobreviver “nos tubos” do governo Temer.

Segundo informa a revista, o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, no dia 03 de junho de 2016, embarcou com destino à Roma, no jato particular PP-SCB, – um Bombardier Challenger 605 – de propriedade do empresário Michael Klein. Quando a aeronave já se preparava para decolar da pista do aeroporto de Guarulhos, teve seu procedimento  abortado pelo cerco de várias  viaturas da Polícia Federal e da Receita Federal.  Motivo: Lula havia “mocozeado” 07 (sete) enormes  malas sem a devida  e obrigatória exposição ao sistema de raio x do aeroporto. Ou seja: O ex-presidente do Brasil, Luis Inácio Lula da Silva embarcou clandestinamente parte da sua bagagem na aeronave. Isso é CRIME!

O relato da revista é de que, quando os policiais e agentes da receita abordaram a aeronave,  não sabiam quem era seu principal passageiro.  Após o cerco e o ingresso dos agentes no interior do jato, constataram  a presença de Lula havia e que ele havia  se  refugiado na cabine do comandante.

Por ordem de um delgado da Polícia Federal a operação foi abortada e o jato decolou sem que as malas fossem revistadas. O episódio gerou um procedimento interno da Polícia Federal e na Procuradoria Geral da República.

O conteúdo “contrabandeado” nas malas clandestinas nunca será revelado… Mas era dinheiro!

O delegado da Polícia Federal, comprovada sua atuação irregular e não republicana, será demitido do serviço público.

A matéria de Veja pode ser acessada no link

Investigação revela que Lula conseguiu burlar fiscalização de voo

%d blogueiros gostam disto: