lula nadando

Lula e as fazendas compradas pela ORCRIM. Não eram lendas… Começam a surgir no Mato Grosso

Quem tem intimidade com o Mato Grosso, sempre ouviu falar das inúmeras fazendas adquiridas pelo consórcio da Orcrim. Nunca se chegou a um ponto comum. A uma indicação verossímel.  Porém, hoje, com a “grampeada” de Palocci e sua “trup”, as coisas tomam rumo. Ainda mais, quando se sabe que o ex-ministro foi o “grande administrador” da propina oriunda Odecbrecht.  Impossível separar Lula, Palocci, Odebrecht, lulinhas, Bumlai e todo o laranjal que os cerca.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Agora à noite o Antagonista “lacra”: “Em 2012, o jornal Gazeta do Mato Grosso revelou a compra da Fazenda Dora Paulicéia por Juscelino Dourado, ex-assessor de Antonio Palocci, que também foi preso nesta manhã pela Lava Jato.

A reportagem cravava o valor do negócio: R$ 26 milhões.




A Polícia Federal também cumpriu mandados de busca na propriedade, localizada no km 15 da MT 130, que liga Rondonópolis a Poxoréo. A fazenda pertencia à empresária Dora de Castro e é fruto da divisão da AL Paulicéia, referência na criação de nelore no Brasil.

Dourado era o laranja de Palocci.

Conteúdo Antagonista