Lula é a “cereja do bolo” da Lava Jato

Brasil, Belo Horizonte, MG. 28/08/2015. O ex-presidente Luiz In·cio Lula da Silva (PT) participa do 12∫ Congresso Estadual da Central ⁄nica dos Trabalhadores (CUT), na casa de espet·culos Chevrolet Hall, em Belo Horizonte. - CrÈdito:DOUG PATRÕCIO/BRAZIL PHOTO PRESS/AE/CÛdigo imagem:190718

Mais do que demolir o discurso de “perseguição” ou “caçada judicial”, a prisão do ex-deputado Eduardo Cunha abre caminho para a prisão do ex-presidente Lula, que, iminente, será “a cereja no bolo” da Lava Jato, segundo expressão de um dos investigadores. Preso por ordem do juiz Sérgio Moro, que Lula acusa de parcialidade, Cunha é para o PT o seu “inimigo nº 1”. Agora, os petistas terão de procurar outra explicação para as três ações de corrupção em que Lula é réu, na Justiça Federal. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

A tendência, na Lava Jato, é “esgotar” o caso Eduardo Cunha, explorando todas as suas possibilidades, antes da “cereja do bolo”.

Lula e petistas repetiram tanto a lorota de “caçada judicial” que ontem ficaram mudos, surpresos com a prisão do inimigo Eduardo Cunha.

As alegações para a prisão de Eduardo Cunha, acatadas por Sérgio Moro, são “café pequeno” comparadas às acusações contra Lula.

Para cumprir a ordem de prisão expedida por Sergio Moro, policiais estudaram minuciosamente a rotina de Cunha, no Rio e Brasília.

Conteúdo Diário do Poder

%d blogueiros gostam disto: