José Serra “sangra”! Folha publica que Ministro recebeu U$ 23 milhões em 2010 no caixa 2

É explosiva a matéria publicada pela Folha de São Paulo neste sábado, 07 de janeiro, a qual relata que o empresário e ex-deputado federal Ronaldo Cezar Coelho admitiu ter sido “ponte” entre José Serra e a Odebrecht. Segundo o jornal, Ronaldo Cezar Coelho recebeu recursos da empreiteira Odebrecht no exterior relacionados à campanha de 2010 do então candidato à presidente José Serra.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

A Folha informa que o advogado de Ronaldo Cezar Coelho, o criminalista Antonio Cláudio Mariz de Oliveira disse que tais valores – U$ 23 milhões -, foram incluídos na adesão do empresário ao recente programa de regularização de ativos no exterior.

O jornal enfatiza que já em outubro publicou a informação de que Coelho tinha sido apontado pela Odebrecht, em um dos anexos da delação premiada à Força Tarefa da Lava Jato, que seria o “repassador” do valor de U$ 23 milhões a José Serra.




O Ministro José Serra, por meio de sua assessoria disse que suas campanhas eleitorais foram feitas de acordo com a lei e tiveram a contabilidade sob a responsabilidade do seu partido, o PSDB.