lula grendene

Grendene comprou casa no Uruguai para Lula

Definitivamente o ex-presidente não sabe que “amigos  de ocasião” o abandonarão tão logo seja condenado por usar a máquina pública para se beneficiar e engordar patrimônio e contas bancárias. Ninguém avisou Lula sobre esses amigo.  Segundo a revista Isto É, a intimidade de Lula e os Grendenes se consolidou com a compra de uma “mansão” na cidade de Punta Del Este no Uruguai, pelo valor de 2 R$ milhões de dólares, após o BNDEs emprestar R$ 3 bilhões ao grupo Grendene .


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Lula tem muitos amigos. Amizades conquistadas graças aos cofres do BNDES. Tipo: você consegue um empréstimo de R$ 3 bilhões de reais e eu me torno seu amigo. Isso, aparentemente foi o que aconteceu entre Lula e o Grupo Grendene, que obteve um “estanho” empréstimo de R$ 1,4 bilhão para a compra da Vulcabrás. O emprétimo já é objeto de investigação do Ministério Público Federal de Novo Hamburgo. Os irmãos Pedro e Alexandre Grendene participaram também em 2008 de um negócio para implantação de usinas de açúcar e álcool no valor de R$ 1,8 bilhão, com dinheiro do governo. Integraram a negociação, além dos Grendene, a Odebrecht, o empresário André Esteves (Banco Pactual) e o pecuarista José Carlos Bumlai, amigo íntimo de Lula. A informação integra a reportagem da revista Isto É chamada “Conexão Uruguai.
Isto é diz que “Há outro significativo elo entre o empresário e Lula. Grendene foi um dos empresários que doaram parte dos R$ 10,8 milhões que custearam o filme “Lula, o filho do Brasil”, inspirado na trajetória do ex-presidente petista e dirigido por Fábio Barreto. Ele também colaborou com o “Fome Zero”, carro-chefe da política social do petista no início do primeiro mandato – uma espécie de embrião do Bolsa-Família. Ainda no primeiro governo petista, o guitarrista Lenny Kravitz doou sua guitarra para o programa de combate à pobreza, que leiloou o instrumento em maio de 2005.