Grandes bancos doaram dinheiro “roubado em empréstimos consignados” para o PT

Com a manchete – EXCLUSIVO: A PROPINA DOS BANCOS PARA O PT – o Antagonista está causando uma das mais gigantescas correrias em Brasília. A descoberta de que, embutida nos empréstimos consignados, uma “gordurosa comissão” era desviada para o PT coloca BMG e grandes bancos da linha de tiro dos Procuradores da República e do “exército dos Moros, àquele que Dias Tófolli quer linkar aos militares de 1964. Os dois, em tempos diferentes fizeram e fazem o que tinha e tem de ser feito senhor Tóffoli, marido da senhora advogada dos petroleiros da Lava Jato.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Diz o Antagonista
A Operação Custo Brasil dará, em breve, um enorme salto qualitativo.

Os investigadores descobriram que o percentual “a mais” cobrado pela Consist em empréstimos consignados embutia propina dos bancos responsáveis pela liberação do dinheiro.




Não é coincidência que o BMG tenha sido o primeiro banco beneficiado com essa modalidade de empréstimo, implementada por uma MP assinada por Lula no início de seu governo. Depois do BMG, entraram os grandes.

É mais uma bolinha no PPT de Lula.

%d blogueiros gostam disto: