Governo Temer “lava as mãos” em público, mas “joga” para salvar Eduardo Cunha

Brasília - O vice-presidente Michel Temer e o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, durante solenidade de entrega da Medalha do Mérito Legislativo 2015 (Antonio Cruz/Agência Brasil)

O Ministro Chefe da Casa Civil, Eliseu  Padilha disse em  entrevista à Rádio Estadão que o governo acompanha o julgamento do presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), da mesma forma que observa o de Dilma Rousseff (PT). A votação final do processo de impeachment da petista começa no dia 25 de agosto.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Ele comentou que, assim como a votação do processo de Dilma, o julgamento de Cunha também é uma questão do Legislativo. “O partido (PMDB) não pode ser responsável por Cunha”, afirmou o ministro, destacando que o ideal seria que ele pudesse comprovar que as denúncias contra ele não se sustentam.

Lauro Jardim escreveu no Globo…

Lauro jardim

%d blogueiros gostam disto: