janot boa

Governo Temer com medo da PGR e do Judiciário

Uma preocupante informação é trazida ao conhecimento dos brasileiros nesta terça, 11 de outubro. O jornalista Cláudio Humberto, editor do site Diário do Poder garante que o governo está preocupado com a reação do Ministério Público Federal e com parte do Poder Judiciário, contrários a aprovação da PEC 241 que limita gastos em todas as instâncias do Estado brasileiro.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Escreve Cláudio Humberto: ” O governo admitiu, em conversas reservadas, que um dos principais obstáculos à aprovação da PEC 241, que limita os gastos públicos, foi o temor de retaliação do Ministério Público Federal (MPF) e da Justiça, instituições claramente resistentes ao “teto”. Esse temor foi segredado por três em cada cinco parlamentares dos quais representantes do governo federal tentavam obter compromissos de apoiar a PEC 241.

Teme-se que MPF, irritado com o teto de gastos, “carregue nas tintas” contra os governistas e, pior, a Justiça os condene por idêntica razão.

O temor dos deputados começou a ser revertido quando o procurador-geral Rodrigo Janot afirmou que a PEC 241 seria “inconstitucional”.

“Janot passou do ponto”, afirmou um ministro a esta coluna, “porque tentou interferir em votação do parlamento antes que ela ocorresse”.

A reação de Janot, considerada “corporativista”, atingiu os “brios” dos parlamentares, que perceberam a suposta intenção de intimidá-los.