General Sérgio Etchegoyen: Quem está interessado em desestabilizar o Ministro Chefe do GSI?

Quem estaria interessado, dentro do Palácio do Planalto, em fragilizar a atuação do General Sérgio Etchegoyen, Ministro Chefe do GSI?  Não é a primeira vez que a Revista Veja traz uma informação inquietante sobre a segurança pessoal do Presidente Michel Temer e do próprio palácio. O quê e de quem Etchegoyen sabe coisas a ponto dessa guerra de informação ter descido a rampa do Planalto?


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Leia informação do Radar On-line da Veja

Apesar da segurança em torno do presidente Michel Temer ter sido reforçada, o tema está longe de ser resolvido no Palácio do Planalto.
Recentemente, algumas pessoas conseguiram chegar próximo ao gabinete de Temer identificando-se somente como “amigos do presidente”. Após a constatação da falha na segurança, sequer foram encontrados registros oficiais de quem eram tais pessoas.
Quem acompanha a rotina da Casa diz que há outros problemas. Citam, por exemplo, que muitos dos homens destacados para acompanhar o presidente são inexperientes e de baixa patente.
Além disso, todos estão estressados desde que alguns militares da segurança do Palácio foram presos por assaltos numa cidade satélite de Brasília. Desde o episódio, os militares estão sendo vigiados de perto e cães farejadores estão sendo usados em revistas pessoais e nos armários dos seguranças.
O estresse na segurança tem feito com que servidores tenham acesso dificultado a determinadas áreas do Palácio, mas não tem impedido que funcionários terceirizados da limpeza circulem livremente.
Enquanto quase todo o mundo tem de passar objetos por detectores de metais, carrinhos de limpeza que possuem grande capacidade de armazenamento passam incólumes.
Não bastassem tais falhas, diversos furtos de pequenos objetos estão sendo percebidos no Palácio.

%d blogueiros gostam disto: