Exército toma as ruas de Recife

O Cristalvox está atento a todos os movimentos políticos que estão em marcha no Brasil. Uns, camuflados nos corredores do Congresso Nacional. Outros, em gestação nos porões do Palácio do Planalto.  Os comandantes das polícias militares dão mostra de fadiga e seus comandados já não escondem a insatisfação e revolta por salários justos, condições adequadas de trabalho e segurança jurídica de suas ações. Pernambuco desponta como o primeiro ponto de insubordinação.  Cabos, soldados e bombeiros desafiam o governo local provocando a intervenção direta do exército.  No Rio de Janeiro é real a ameça de policiais militares cruzarem os braços e passarem a apoiar abertamente os demais servidores contrários as mudanças propostas pelo governador Pezão.

O estopim em direção do paiol de pólvora já foi ativado. É necessária uma ação dura e direta das forças de segurança no sentido de garantir a Lei e a Ordem. Com a palavra e o comando os senhores Oficiais Generais …

Publica o Jornal Diário de Pernambuco:

“O ministro da Defesa Raul Jungmann desembarcou no Recife na tarde deste sábado para conversar com o governador Paulo Câmara sobre a segurança do estado. O diálogo faz parte da , responsável por intensificar a segurança da RMR com os três poderes das forças armadas até o dia 19 de dezembro. No momento, 1,5 mil militares de Natal, João Pessoa, Maceió e Garanhuns já estão divididos em quatro áreas diferentes realizando patrulhamento ostensivo, revistas e possíveis prisões em flagrante. Até a tarde do sábado, tropas do Ceará, Bahia, Sergipe e Piauí, além de três helicópteros de São Paulo, deverão se unir aos grupos, totalizando em 3,5 mil soldados divididos em oito áreas.

A intervenção das forças armadas na segurança da RMR é uma medida preventiva em relação à possível paralisação da Polícia Militar, descartada após assembleia na noite dessa sexta. Apesar da categoria não ter deflagrado greve, ela decidiu trabalhar em operação padrão, sem realização de horas extras, o que diminuiria o efetivo nas ruas. “O estado está sempre atento à questão da segurança pública. Esse é um apoio necessário para que possamos continuar vivendo em tranquilidade”, afirmou o Secretário de Defesa Social, Angelo Fernandes.”

 http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/vida-urbana/2016/12/10/interna_vidaurbana,679397/exercito-comeca-a-fazer-seguranca-no-estado.shtml