general comandante

Exército no Comando: Rio, Amazonas e agora Rio Grande do Norte. Isso tem nome: INTERVENÇÃO!

Governador do RN recorre ao Exército em meio a onda de ataques: “Solicitei apoio das tropas do Exército para se somarem às nossas destemidas polícias no trabalho para garantir a segurança da população do Rio Grande do Norte. Desde ontem tenho mantido contato com o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, com o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, com o ministro da Defesa, Raul Jungman e com a direção nacional da Polícia Federal


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, pediu ajuda do Exército neste domingo para combater os ataques que vêm ocorrendo no Estado desde sexta-feira. Já foram registradas ao menos 42 ofensivas a ônibus, além de ocorrências envolvendo disparos contra prédios públicos, explosivos em agências bancárias e depredações.

O pedido de ajuda acontece um dia depois de os criminosos fecharem o acesso ao Aeroporto Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, e dispararem tiros na Delegacia Geral de Polícia (Degepol) de Natal. De acordo com balanço divulgado neste domingo pela secretaria estadual de Segurança Pública, cinquenta pessoas foram detidas em todo Estado por relação com os atos de vandalismo.

No sábado, pelo menos quinze criminosos atearam fogo a entulhos e fecharam o acesso ao Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, na Grande Natal. O incêndio foi controlado pelo Corpo de Bombeiros, mas os criminosos fugiram. Também na capital, foram apreendidos 30 coquetéis molotov e três galões de combustível em uma casa abandonada.

Conteúdo Veja