“Espero que o Brasil sobreviva”. Diz Sérgio Moro!

Fechada para não assinantes , a revista Veja deste final de semana trata da delação do clã Odebrecht e  de 7 dezenas de colaboradores com sendo “A DELAÇÃO DO FIM DO MUNDO.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Faz sentido: Marcelo Bahia Odebrecht, diferentemente da maioria de dirigentes das empreiteiras investigadas pela Lava Jato e comprovadamente envolvidos no gigantesco esquema de corrupção que sangrou bilhões de dólares de empresas públicas  é o único grande “capitão” que permanece “enjaulado” no complexo penal de Curtiba.  Sua liberdade que acontecerá, segundo a negociação com a PGR, daqui 02 anos, custou a cabeça coroada de mais de 300  envolvidos no esquema.

Ao sugerir que mais de 300 anexos foram elaborados pelos Procuradores da República, um a um, lastreados em informações devastadoras contra administradores públicos, parlamentares, governadores, ex-governadores,  fazem de fato a delação da Odebrecht, o ponto máximo da Lava Jato.

O certo é que depois de Odebrecht,  Eduardo Cunha terá muito pouco para contar. Enfraqueceu sua posição como possível colaborador, a não ser que Cunha esteja disposto a contar o que também a Odebrecht não sabe. O segredo mais bem guardados da República… Como e de que forma Dilma conseguiu se eleger em 2014, na última hora da apuração dos votos.

Sérgio Moro, definitivamente é um sábio. Produziu uma frase, que vinda de um Magistrado é um tiro certeiro no alvo móvel da corrupção…

– “Espero que o Brasil sobreviva”!

%d blogueiros gostam disto: