eduardo cunha dentes

Eduardo Cunha pode ser preso logo após ser cassado

O pedido de prisão do deputado Eduardo Cunha já foi formulado em mais de uma oportunidade pelo Procurador Geral da República, Rodrigo Janot. A decisão será do Ministro Relator da Operação Lava Jato, Teori Zavascki.  Não será nenhuma surpresa,  se logo após a proclamação do resultado do processo de cassação de Eduardo Cunha seja decretada sua prisão. Fora da câmara, Cunha terá perdido o foro especial, ou privilegiado como popularmente é definido.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Prisão é uma possibilidade  que já é objeto de intensas conversas nos corredores da Câmara dos Deputados nesta segunda, 12 de setembro. O presidente Deputado Rodrigo Maia já comunicou ao Supremo Tribunal Federal da presença de Eduardo Cunha nas dependências do parlamento federal. Cunha ameça renunciar. Porém, este artifício em nada “aliviaria” sua situação penal, pois tanto renunciando como cassado, seu destino será Curitiba, sem antes passar pelo gabinete de Teori Zavascki.

É pacifico o entendimento  no Supremo Tribunal Federal de que Eduardo Cunha é um homem perigoso para a democracia brasileira. Isso é tão verdade que, de forma unânime,  a Corte decidiu por afastar Eduardo Cunha da presidência da Câmara e do próprio mandato parlamentar. Como dizem nossos amigos nordestinos ” Cunha está no sal”.