moro cunha

Eduardo Cunha nas mãos de Sérgio Moro

O deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) agora é assunto do juiz federal Sérgio Moro, que comanda a Operação Lava Jato, ao menos no inquérito que identificou contas do ex-presidente da Câmara na Suíça. Com sua perda de mandato, Cunha perdeu o foro privilegiado, por isso, virou assunto da competência do juizado de primeiro grau.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

A mulher de Eduardo Cunha, jornalista Claudia Cruz, já é alvo de ação penal em relação ao mesmo assunto. O deputado cassado tem negado as acusações reiteradamente.

Outro processo já havia sido enviado a Moro, há três semanas, pelo ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, no qual Cunha é acusado de receber propina de contrato de exploração de Petróleo no Bênin, na África, e usar contas na Suíça para lavar o dinheiro.

Mas Zavascki condicionou a remessa do processo à publicação da decisão do julgamento que abriu a ação penal. Por isso, o caso ainda não tinha sido enviado para Moro.

O caso sobre as contas tem provas obtidas pelo Ministério Público da Suíça. O processo apresenta diversas contas no país estrangeiro que teriam sido usadas pela mulher de Cunha para compras de itens de luxo.

Conteúdo: Diário do Poder