É oficial: Nadadores americanos são mentirosos olímpicos

Em nota divulgada na noite desta quinta-feira (18), o Comitê Olímpico dos Estados Unidos pediu desculpas aos cariocas e ao povo brasileiro pela conduta dos nadadores americanos Ryan Lochte, James Feigen, Gunnar Bentz e Jack Conger, que mentiram ao relatar um assalto no Rio de Janeiro. O comitê americano afirmou ainda que a attitude dos nadadores “não é aceitável e não representa os valores da delegação americana nem a conduta da maioria de seus membros”.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

A nota é assinada pelo presidente-executivo do Comitê Olímpico dos EUA, Scott Blackmun, e informa que os nadadores Gunnar Bentz e Jack Conger já retornaram ao país natal – na noite de quarta, os dois nadadores foram retirados de dentro de um avião ao tentar deixar o Brasil.

Blackmun afirma também que James Feigen, indiciado com Ryan Lochte por falsa comunicação de crime, prestou um novo depoimento, revisando o anterior, e espera que o passaporte do nadador “seja liberado o mais breve possível”. Lochte já está nos EUA. Segundo o executivo, algum tipo de punição será avaliada quando todos os atletas tiverem retornado.

Conteúdo Diário do poder

%d blogueiros gostam disto: