Comandante da Marinha cassa condecorações de Dirceu, Genoino, João Paulo e Jefferson.




O Comando da Marinha cassou a condecoração Ordem do Mérito Naval de cinco ex-deputados condenados no mensalão. Eles perderam a condecoração justamente pela condenação. Três são petistas: José Dirceu, José Genoino e João Paulo Cunha, além de Roberto Jefferson e Valdemar Costa Neto.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

A decisão do “procedimento de exclusão automática” dos agraciados foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira e assinada pelo Comandante da Marinha, Edaurdo Bacellar Leal Ferreira. A decisão da Marinha atende a um ofício da Procuradoria-Geral da República, de maio deste ano. A publicação no D.O. tornou pública a exclusão retroativa da ordem, no Grau de Grande Oficial desses agraciados.

Os cinco tiveram suas condecorações cassadas com base num artigo de um decreto de 2000, do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), que exclui automaticamente do quadro da Ordem do Mérito Naval os que perderam direitos políticos ou que foram condenados em qualquer foro.

Genoino, Jefferson e Valdemar já haviam perdido a condecoração Medalha do Pacificador, a mais alta condecoração do Exército, três anos atrás.

Conteúdo o Globo

%d blogueiros gostam disto: