COMPARTILHAR

O italiano Cesare Battisti foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nesta quarta-feira na cidade de Corumbá, no Mato Grosso do Sul, enquanto estaria tentando atravessar a fronteira do Brasil com a Bolívia.

Battisti foi condenado à prisão perpétua na Itália por quatro assassinatos de sua autoria cometidos nos anos 1970, quando era membro do Partido Proletários Armados para o Comunismo, grupo ligado à extrema esquerda.
Em 2004, o italiano fugiu de seu país e, três anos depois, foi preso no Brasil. Na ocasião, a Itália pediu a sua extradição, e em 2009, o Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou sua extradição, na época negada pelo então presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).
Conteúdo Veja

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Tentando atravessar com dinheiro, provavelmente sujo, façam a reportagem corretamente.

Comments are closed.