Até o STF quer se livrar de Ricardo Lewandowski.

Elio Gaspari conta que outros ministros do tribunal manobram para impedir que ele assuma uma vaga na segunda turma:


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

“Em setembro, o ministro Ricardo Lewandowski deixa a presidência da Corte e será substituído pela ministra Cármen Lúcia. Com isso, abre-se uma vaga na segunda turma, a que cuida da Lava Jato.

Pelo regimento, a cadeira deverá ser ocupada por Lewandowski. A ideia-girafa é patrocinar uma permuta antes de setembro. A ministra Cármen Lúcia trocaria de cadeira com um colega que está em outra turma. Driblado, Lewandowski seria mantido longe da Lava Jato”.

Elio Gaspari pergunta, justamente:

“Qual ministro continuaria no tribunal depois de ser submetido a semelhante constrangimento?”

Do Antagonista

%d blogueiros gostam disto: