Transplante inédito e o Evangelho do Mar Morto

Há apenas três anos seria impossível imaginar nos EUA a realização de transplante de órgãos entre doadores e receptores que portam o HIV, uma vez que isso era proibido por lei. Em 2013, no entanto, o Congresso americano autorizou esse tipo de procedimento. E finalmente, na semana passada, médicos americanos da Johns Hopkins University realizaram o primeiro transplante de fígado em todo o mundo com indivíduos portadores do vírus da Aids. Além do fígado, do mesmo doador foi recolhido um rim para outro receptor, também soropositivo. Segundo Dorry Segev, professor de cirurgia na Faculdade de Medicina Johns Hopkins, a utilização de órgãos de pessoas com HIV poderia salvar anualmente outros mil portadores.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Tem aproximadamente dois mil anos um dos maiores e mais antigos enigmas do mundo: os Manuscritos do Mar Morto. Trata-se de documentos bíblicos encontrados entre 1946 e 1956 em jarros de argila nas cavernas desérticas de Qumra, em Israel, fragmentados em cerca de 20 mil pedaços. Nos próximos cinco anos todo esse material será disponibilizado na internet para que leigos e especialistas tenham acesso a ele – textos datados dos anos 400 a.C. até 300 d.C., escritos em hebraico, aramaico e grego.