Thomás Turbando, o jurista de Zé Cardoso no impeachment

Não se trata de uma brincadeira não. O ex-Advogado Geral da União, José Eduardo Cardoso mostrou todo o seu desprezo pelas cinco  senadoras que integram a comissão que aprecia o  processo de impeachment da presidente afastada. Disse um palavrão diante de o5 senhoras senadoras. Um ato abominável vindo de um egresso da AGU.   Foi de propósito? Leia mais…O ex-ministro da Advocacia-Geral da União José Eduardo Cardozo fez um deboche na sessão de ontem (16) da Comissão do Impeachment. Cardozo, que defende a presidente afastada, Dilma Rousseff, lia nomes de juristas quando citou o nome de Thomas da Rosa de Bustamante. No entanto, substituiu o nome para o “famoso Thomás Turbando”. A brincadeira passou despercebida para os presentes, mas não para a internet.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Em entrevista para uma rádio, na manhã desta sexta-feira (17), Cardozo disse que o deslize foi “um equívoco”. Thomas da Rosa de Bustamante é professor de filosofia do direito da UFMG.

O episódio demonstra que boa parte das afirmações da defesa de Dilma pode ter sido igualmente leviana. Há três dias, Cardozo foi flagrado jogando xadrez no celular enquanto se discutia a destituição da Presidente da República, sua cliente, acusada de crimes graves contra a Lei Orçamentária e de Responsabilidade Fiscal. Dá a impressão que ele está conduzindo o caso já na gozação, talvez, por considerar a causa perdida.

Com conteúdo do Diário do Poder

%d blogueiros gostam disto: