Teori Zavascki nega pedido de prisão de Renan, Jucá e Sarney

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou nesta terça-feira (14) os pedidos de prisão apresentados pela Procuradoria Geral da República (PGR) contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o senador Romero Jucá (PMDB-RR) e o ex-presidente da República José Sarney.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página




Na decisão, Teori Zavascki  sustenta ao  negar o pedido da Procuradoria Geral da República  que os parlamentares possuem imunidade prevista na Constituição. Entende que as gravações não são condizentes a função ocupada pelos acusados.  Que por ora não se apresentam fundamentos convincentes para qua seja decretada  a prisão cautelar requerida pela PGR.