EXTRA… EXTRA … TEMER E PADILHA TAMBÉM FORAM GRAVADOS?

O Cristalvox não tem a informação. Mas é certo que o ex-presidente da Transpetro,  Sérgio Machado, ” O MEGA DELATOR”,   dias antes de tudo vir à tona,  foi recebido  pelo então vice-presidente Michel Temer e pelo  articulador político do PMDB, Ministro da Aviação do governo Dilma, Eliseu Padilha.   Só os Procuradores da República,  instalados às pressas, em meio andar na sede da PGR em Brasília detém ” O GRANDE SEGREDO”.   Não foi “de graça”  a ironia do Procurador Geral  Rodrigo Janot,  quando  indagado sobre os motivos que  o levaram a  reforçar a estrutura de investigação, respondeu: Grandes emoções!  Revelações capazes de abalar República.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

A Folha de São Paulo teve acesso as gravações entregues por Sérgio Machado a PGR.  O diário, reconhecidamente aliado do governo petista,  seletivamente – expressão largamente utilizada pelos petistas – está “a conta gotas”, publicando trechos de conversas de Sérgio Machado com ” grandes raposas”  da política brasileira.  Aos poucos, as conversas clandestinas  estão sendo vazadas, parecendo uma ação desesperada para desviar a atenção sobre a tramitação do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff.  O conteúdo explosivo  do que em tese era confidencial  servem, neste momento, para alimentar o discurso de que a presidente foi vítima de um “golpe”. Só esquecem que os fatos que deram origem as essas  gravações ocorreram nos governos petistas e os personagens, todos, sem exceção, em algum tempo integraram o primeiro time dos governos de Lula e Dilma

 No início da tarde desta quinta, 26 de maio,  a assessoria do presidente em exercício se adiantou  e admitiu que Sérgio Machado pode ter se encontrado SIM com Michel Temer, em compromisso extra-agenda.