SERRA VAI COLOCAR DITADURA CUBANA NO SEU DEVIDO LUGAR

A nova e independente postura da diplomacia brasileira, agora liderada pelo Senador José Serra mostra que não vai tolerar intervenções de outros países nem manifestações externas que visem “condicionar” a politica interna do Brasil.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

A nota publicada pela chancelaria brasileira na última sexta-feira, 13, escrita a 4 mãos, – Michel Temer e José Serra – condenando a “escaramuça ficta” do governo da Venezuela, que “chamou seu embaixador à Caracas” é um recado muito claro aos que imaginam o Brasil ainda está sob o “jugo” do governo petista. A covardia diplomática do Brasil já foi “engolida” pela altivez e independência que sempre norteou a Casa de Rio Branco – O Itamaraty -.

As manifestações da ditadura Cubana que condena internacionalmente o afastamento temporário da presidente Dilma Rousseff pelo Congresso Nacional terá desdobramentos. É público que o Brasil é hoje, o maior financiador do governo Cubano. Não se fala mal de amigos, mesmo que esses amigos sejam outros por circunstâncias normais em uma democracia.

Cuba sim, conspira contra o Brasil…

A resposta vem do Parlamento Europeu: … O Parlamento Europeu, o deputado Francisco Assis indicou que a mudança de governo no Brasil não foi alvo de um questionamento “nem mesmo pela extrema-esquerda”. “Todos sabem que o Brasil não é a Venezuela.

%d blogueiros gostam disto: