PT sangra: “Fura” a greve geral convocada para sexta

Reconhecendo dificuldade de mobilização, centrais sindicais e movimentos de esquerda descartam a realização de greve geral nesta sexta-feira (10), para quando está planejado um ato contra o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Organizado pela Frente Brasil Popular, o ato de sexta está programado para ocorrer em São Paulo às 17h, na av. Paulista, em frente ao Masp. Também estão previstos atos em ao menos outras 20 cidades, como Brasília, Rio, Porto Alegre e Curitiba.

Entre os participantes da frente estão CUT, CTB, UNE, MST e MTST, entre outros, e conta com o apoio de partidos de esquerda.

Uma greve geral foi cogitada pelo presidente do PT, Rui Falcão, em um texto divulgado nesta semana pelo partido.
Conteúdo Folha