PT extinto: Na cidade de Temer, nenhum petista teve coragem de enfrentar as urnas

Não é piada: É Fato! Petista fogem das urnas como o diabo da cruz. É vexatória a situação do partido que “montou” um projeto de poder para dominar o Brasil.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Não há dúvidas de que, após a abertura das urnas eletrônicas no domingo, o PT terá encolhido em número de prefeituras e cadeiras nas Câmaras municipais. Há cidades, no entanto, em que o partido certamente não passará por embaraços na apuração dos votos. São aquelas em que simplesmente não há petistas candidatos, seja a prefeito, vice-prefeito ou vereador. É o caso de Tietê (SP), cidade de cerca de 40.600 habitantes no interior paulista onde nasceu o presidente Michel Temer (PMDB).

Na disputa tieteense, os três candidatos a prefeito são de partidos da base aliada do governo do peemedebista: Manoel David (PSD), que tenta a reeleição, Alfredo Melare (PR), Marcão Resolve (SD) e Vlamir Sandei (PSDB). Com os candidatos a vice-prefeito, ocorre o mesmo. Frá-Frá (PMDB), Ana Madureira (PTB), Dra. Roberta Bohn (SD) e Júlio Schincariol (PRB). Entre os 166 postulantes a vagas na Câmara de Tietê, também não há nem sinal de petistas. Os únicos partidos fora da base aliada do Planalto a lançarem candidatos na cidade são o PCdoB, com 5, e o PDT, com 12.

Conteúdo Veja

%d blogueiros gostam disto: