PSDB DO RIO GRANDE EXPLODIU! DIREITA NO PP… ESQUERDA NO PMDB

Como é do conhecimento público,  o editor do Cristalvox foi filiado ao PSDB e concorreu à Câmara do Deputados. Teve um desempenho pífio dado ao  “cruel e criminoso” tratamento recebido do então secretário-geral, Bebeto Hiass e do presidente regional do partido, Deputado Adilson Troca. – exclusão do programa eleitoral – por sinal, ambos indiciados em processos judiciais por cometerem crimes de improbidade administrativa. Os dois, Bebeto e Troca são os únicos responsáveis pelo esfacelamento do PSDB no Rio Grande do Sul. Marchezan, alijado de todo o processo decisório, só deu o troco!


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Durante a campanha, de forma isolada a executiva do PSDB  – que era dirigida por Bebeto, Schenkel e Troca – decidiu sozinha, sem consultar ninguem, por entregar a vaga ao senado que era do partido,  ao PP de Celso Bernardi. Postulavam concorrer, por ordem: Vicente Bogo, Luis Brás e Leudo Costa. Nunca foram, sequer ouvidos. O negócio foi feito à sorrelfa, na madrugada, bem ao estilo da política estudantil. Tudo foi alinhavado  por  cargos no governo que viria – qualquer um – tanto poderia ser de Ana Amélia ou Sartori – … Isso se consumou!  Troca emplacou o irmão como diretor do porto de Rio Grande, Bebeto é diretor da Metroplan e Schenkel da Sulgás. De contra-peso, Tarsila Crusius recebeu de presente uma posição de destaque na saúde. O partido, os candidatos e os filiados, às favas! Enquanto Celso Bernardi emplacava mais de uma centena de filiados no governo, Troca, o presidente, só cuidou da parentada e dos apaniguados do seu gabinete…

A intervenção do diretório nacional se deu por isso,  também. Ninguém, em momento algum consultou Marchezan para nada. Ora, se o único deputado federeal do partido é “alijado” do processo decisório, natural  a sua reação! O grupo de Yeda não suporta Marchezan, mas é ele quem senta, tem livre acesso e priva de amizade pessoal com Aécio Neves.

O editor não defende Marchezan. Ao contrário, não mantém com o mesmo qualquer relação de amizade. Porém, reconhece que foi sacaneado na sua primeira eleição – episódio da ficha engavetada  e a inclusão criminosa de um número de telefone na documentação -. Perdeu a vaga em favor do pai do atual Chefe da Casa Civil de Sartori. Repisa o editor: Hoje, apenas dá o troco..

Não é supresa para ninguém a revoada Tucana no Rio Grande. Funciona assim: ou eu mando ou me mando… Não existe meio termo.

André Barbosa, competente e qualificado advogado que coordenou a campanha de Aécio em Porto Alegre só está no PSDB. Na verdade já assina ponto em cargo do PP na Câmara de Vereadores. É o principal  assessor de Kevin Kriguer. Natural seu ingresso no PP, já que sua mulher também integra a administração de Porto Alegre – diretora administrativa da FASC -.

Quanto ao grupo de Yeda Crusius também é natural e “oportuno” sua debandada para o PMDB. Não vai doer nada… O Momento é o ideal! Já se fala no retorno de AOD CUNHA  de malas e cuia para o Rio Grande. Destino: Núcleo duro do Governo Sartori…

convite-facebook

 

 

 

%d blogueiros gostam disto: