Paulo Ferreira “O Rei o Carnaval de Porto Alegre” é preso na Lava Jato

Nunca o carnaval de Porto Alegre foi tão rico quanto nos anos em que foi financiado Paulo Ferreira, ex-tesoureiro do PT, deputado federal suplente no exercício do mandado e marido de Tereza Campelo, ministra do Combate à Fome de Dilma Rousseff.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Chovia dinheiro nas escolas de samba.  Paulo Ferreira chegou a figurar como porta estandarte numa manhã ensolarada de domingo no tradicional “Bique da Redenção” em Porto Alegre.

Nesse dia,  Paulo Ferreira se imortalizou por usar uma calça branca, de linho, onde “sua baqueta” balançava sem cuecas. Na noite anterior havia despejado milhares de reais para “financiar” a escola…




Paulo Ferreira é um homem pobre, de origem humilde, nascido no interior da cidade de Santiago/RS. Não tinha e não tem “recursos” de berço para bancar sua milionária campanha de 2014.

Ele ganhou um Land Rover de presente de Chambinho.

Com sua prisão nesta manhã, pela Polícia Federal, o Brasil saberá de onde tirou dinheiro para financiar o carnaval de Porto Alegre.