Patricia Abravanel se desculpa de novo por declaração sobre gays

 ‘Tenho muito o que aprender’ disse Patrícia Abravanel, durante o ‘Programa Silvio Santos’, no último domingo, apresentadora disse ser contra o fato de a relação entre pessoas do mesmo sexo ser considerada normal


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Patricia Abravanel voltou a pedir desculpas por ter feito um comentário sobre homossexuais durante o Programa Silvio Santos, no último domingo. Nesta quinta-feira, em uma publicação em seu perfil no Instagram, que trazia a frase “Afinal, o que é ser normal?”, a filha de Silvio Santos disse ter ficado assustada com a repercussão do caso e disse que pesquisou mais sobre o tema. “Fui me aprofundar sobre o assunto e percebi que tenho muito o que aprender”, escreveu.
Na rede social, a apresentadora afirmou que nem ela sabe o que é ser normal, e que não pretendia ofender ninguém com a sua opinião – no domingo, ela afirmou ser contra a relação entre pessoas do mesmo sexo ser considerada normal. “Não queria ter causado dor, discórdia e muito menos fomentar a intolerância e o preconceito. Meu desejo como pessoa pública é levar alegria, promover o amor, compaixão e o respeito entre as pessoas na esperança de dias melhores. Do fundo do meu coração, peço perdão. E assim seguimos a vida aprendendo”, publicou.
O caso começou quando Silvio Santos comentou em seu programa, no último domingo, que não gostou do filme Carol (2015), que retrata o relacionamento de duas mulheres. Ele perguntou aos participantes do Jogo dos Pontinhos se eles eram a favor ou contra duas mulheres formarem um casal. “Acho que a gente tem que ensinar para o jovem de hoje que homem é homem, e mulher é mulher. E se por acaso ele tiver alguma coisa dentro dele que fale diferente, aí tudo bem. O que está acontecendo é que estão falando que tudo é normal, tudo é bonito, o jovem acaba experimentando coisas que pode vir eventualmente a se arrepender depois”, disse Patricia. “Eu não sou contra o homossexualismo, eu sou contra falar que é normal.”
O comentário da apresentadora logo viralizou e ela foi acusada de homofobia. Além de ser criticada por anônimos, alguns artistas também se posicionaram contra sua opinião, como a atriz Luana Piovani, e até seu sobrinho, Tiago Abravanel. O programa de Patrícia no SBT, Máquina da Fama, também foi alvo de boicote pela comunidade LGBT e acabou perdendo na audiência contra Xuxa.
Na segunda-feira, Patricia pediu desculpas com uma postagem no Instagram. “Dei apenas minha opinião, mas fui mal interpretada. Sou a favor do amor, do respeito e da tolerância”, escreveu na legenda de uma imagem com um coração.
Conteúdo Veja

%d blogueiros gostam disto: