Obama dança tango durante jantar com presidente da Argentina

O presidente dos Estados Unidos Barack Obama e a primeira-dama Michelle Obama dançaram tango nesta quarta-feira (23/3) com bailarinos durante um jantar com o presidente argentino Maurício Macri no Centro Cultural Kirchner, em Buenos Aires.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

O jantar faz parte da programação da visita de dois dias de Obama na Argentina. Nesta quinta-feira (24/3), o presidente dos EUA e a primeira-dama irão visitar Bariloche e a Patagônia.

Apoio
Mais cedo, Obama apoiou o empenho de Maurício Macri para que a Argentina retomasse seu papel na região e no mundo, após uma década de atritos com os governos de centro-esquerda dos Kirchner.

“Percebemos as mudanças, o mundo também se deu conta. Com o presidente Macri, a Argentina está retomando seu papel tradicional de liderança na região e no mundo”, disse Obama em coletiva de imprensa, ao lado de Macri, na Casa Rosada.

Obama disse que “Estados Unidos e Argentina podem ser fortes parceiros globais para promover os valores universais que compartilhamos”, disse Obama ao iniciar uma visita de dois dias à terceira economia latino-americana.

O presidente argentino agradeceu a Obama por ele ter liberado os arquivos militares e de inteligência nos EUA sobre a última ditadura argentina (1976-1983). “Agora que se comemora (na quinta-feira) 40 anos do golpe militar que consolidou o capítulo mais obscuro de nossa história, quero agradecer à liberação dos arquivos (que até então eram considerados confidenciais)”, disse Macri.

A visita de Obama é a primeira de um presidente americano à Argentina desde a ida de George W. Bush em 2005 durante à Cúpula das Américas, que enterrou o projeto de uma Área de Livre Comércio entre as Américas (Alca).
(conteúdo Com informações da France Presse)
Com informações da France Presse