jurere007

O casamento milionário da Lei Rouanet em Jurerê Internacional

Tudo pode no Brasil dominado pela organização criminosa chamada PT. Até mesmo um casamento milionário na paradisíaca Jurerê Internacional bancado com dinheiro ROUBADO dos brasileiros através da “abjeta” Lei Rouanet.  Se explica a “ferrenha” defesa pública capitaneada da maioria dos artistas nacionais  que, com unhas e dentes, lutaram pela manutenção do Ministério da Cultura. Ali, um gigantesco “tubo de esgoto” era usado para “drenar” milhões de reais em projetos falso, projetos inexecutados, projetos parcialmente executados, sobre-preços e “roubo” na verdadeira acepção da palavra.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Mas o “climax” da operação “Boca Livre”  deflagrada na manhã desta terça, 28 de junho é a “descoberta” do casamento de  Caroline e Felipe Amorim,  finaciado, em todas as suas etapas, com recursos captados por meio  dessa “escrecência” chamada Lei Rouanet. Os novos não fizeram cerimônia não guardaram segredos, tudo foi publicado no blog de Júlio Trindade.

O Globo:  “O casamento que, segundo a Polícia Federal, foi bancado com recursos da Lei Rouanet aconteceu num beach club na badalada praia de Jurerê Internacional, em Florianópolis, e teve como atração principal um show do cantor sertanejo Léo Rodriguez.




A festa de Felipe Amorim e Caroline Monteiro ocorreu no dia 25 de maio de 2016 no 300 Beach Club, um espaço de frente para a praia. Imagens disponíveis num site de fotos de casamento mostram desde os preparativos da noiva até a apresentação de Léo Rodrigues, famoso pela superprodução de seus shows e por hits como “Atmosfera”, “Bara Bará Bere Berê”, “Dói Né” e “Vai no Cavalinho”.

A PF chegou a anexar ao inquérito um vídeo da festa. Na internet, o 300 Beach Club é “descrito com uma balada chique com comida fina”.

casamento