Mulher e filha de Eduardo Cunha serão denunciadas na Lava Jato e podem ser presas

É dado como certo o indiciamento de Cláudia Cruz e Bárbara Cunha na Lava Jato, respectivamente mulher e filha de Eduardo Cunha.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Esse é um dos itens que podem fazer parte da “rumorosa” coletiva convocada pelos Procuradores da República destacados nas investigações de recursos públicos em Curitiba.

Pesa contra Cláudia Cruz e Bárbara Cunha a acusação de que ambas seriam “laranjas” de Eduardo Cunhaem conta secretas existentes na Suiça e outros paraísos fiscais. Cláudia Cordeiro Cruz  , de 48 anos, era a titular de uma das contas de Cunha na Suíça.  Esse dado provou que os Procuradores estavam certos e o fato desencadeará novos pedidos de prisão.

Cláudia Cruz é sócia da C3 Produções Artística e Jornalística,  empresa que está sendo investigada na Lava jato.

Da vida pessoal da mulher de Eduardo Cunha,  sabe-se  que Cláudia alem de circular no jet set internacional com frequencia, tem gosto pela gastronomia que é compensado por malhação na Companhia Atlética, academia de emergentes da Barra, onde chega a bordo de um Porsche Cayenne prata. Ela é conhecida pelo guarda-roupas impecável e caro e pelas formas do corpo. Magra, perdeu peso após descobrir uma alergia a glúten.