LULA: DIAGNÓSTICO É DE CASO TERMINAL… SANGRA

Na política, o  cerco se fecha em torno do ex-presidente.  Lula não tem escapatória!


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

A cada operação cumprida pela Polícia Federal, executando mandados ordenados pela Justiça,  no âmbito da operação Lava Jato, observa-se que pouco a pouco o ex-presidente Lula vai  “sangrando”,  e o final já conhecido.

Nessa sexta, 20, ao ser  conduzido para prestar depoimento na Polícia Federal , Taiguara Rodrigues dos Santos,  que é filho de Jacinto Ribeiro dos Santos, o Lambari, amigo de Lula na juventude e irmão da primeira mulher do ex-presidente,  fica claro que os investigadores sabem muito bem onde querem chegar: No poderoso chefão!.

Taiguara já é considerado pelos investigadores da Lava Jato como o mais importante “laranja” do ex-presidente Lula.  Nos depoimentos que prestou,  confirmou aos Delegados da Polícia Federal e Procuradores que participou da “operação Angola” executada pela Odebrecht.  As informações de Taigura  só confirmaram o que já vinha sendo dado como certo pelos investigadores: A efetiva participação do ex-presidente Lula  nas gigantescas fraudes da Petrobrás, Eletrobrás e Nuclebrás  e  que “ELE” foi o  mais bem pago  lobista  que já trabalhou para a construtora Odebrecht.

Enquanto alguns sites publicavam  na noite da última quinta, 19,  a internação de Lula no  hospital Sírio Libanes, em razão de uma possível recaída do câncer que tratou há alguns anos, o  que se comprovou, de fato,  foi que o  ex-presidente  estava  “lépido e faceiro” em São Paulo e acabara  falar muito mal do Brasil na  TVSUR, canal  criado pelo clube  bolivariano para propagar os “feitos”  das plataformas socialistas da América.