Ipiranga compra Ale e se torna vice-líder

A distribuidora de combustíveis Ipiranga anunciou a compra, por R$ 2,168 bilhões, da concorrente Ale, quarta maior empresa do setor.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

O acordo foi assinado neste domingo (12), segundo comunicado divulgado pelo grupo Ultra, controlador da Ipiranga.

Com a aquisição, a Ipiranga passa a deter 18% dos postos de gasolina do país, encostando na líder Petrobras Distribuidora, que tem 19,4%, de acordo os últimos dados divulgados pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), referentes a maio.
“A rede Ale complementa a rede Ipiranga geograficamente, em especial na região Nordeste, onde a Ipiranga possui menor participação de mercado e tem focado seus investimentos”, diz o grupo Ultra, no comunicado.

Fundada há 20 anos, a Ale tem cerca de 2.000 postos no país, além de dez bases de distribuição (instalações para armazenagem e transferência dos combustíveis para o varejo).

Em 2015, vendeu 4,3 bilhões de litros, gerando receita de R$ 11,4 bilhões.

De acordo com o grupo Ultra, a empresa tem uma dívida de R$ 737 milhões, que será deduzida do valor total da operação. O valor a ser pago aos vendedores dependerá também da posição de caixa da companhia e do endividamento na data de fechamento da operação.

A Ipiranga tem hoje 7.241 postos. Em 2015, a companhia vendeu 25,7 bilhões de litros de combustível.
Conteúdo Folha

%d blogueiros gostam disto: