GERDAU COMEÇA A LIQUIDAR

A Gerdau anunciou nesta sexta-feira um acordo para a venda de uma produtora de aços especiais na Espanha por até 200 milhões de euros, em meio a plano para centrar seu foco em empresas com maior rentabilidade. A venda já era esperada desde a ano passado e foi acertada com o Clerbil, grupo de investimento formado por executivos locais da companhia, liderados pelo atual presidente da operação, José Jainaga.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

O anúncio da venda ocorre na mesma semana em que a Polícia Federal indiciou 19 pessoas, incluindo executivos da Gerdau, em consequência da operação Zelotes, que investiga suspeitas de manipulação de julgamentos no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf).

Segundo a Gerdau, a venda da unidade de aços especiais na Espanha foi fechada por 155 milhões de euros, mas a empresa poderá receber até 45 milhões de euros adicionais ao final de cinco anos, dependendo da performance da empresa vendida.




“Frente aos desafios globais da indústria do aço, estamos buscando gerar mais valor de mercado e ampliar a competitividade de nossas operações, mantendo o endividamento sob controle. Nesse contexto, a venda na Espanha está sendo realizada para que a Gerdau possa focar-se em suas empresas com maior rentabilidade”, afirmou, em nota, o diretor-presidente da Gerdau, André Gerdau Johannpeter

A Gerdau anunciou há alguns meses um plano para revisão de todas as suas operações, em meio à crise de excesso de capacidade produtiva global do setor siderúrgico que tem prejudicado grupos siderúrgicos no Brasil e em outros países. Segundo a Gerdau, a empresa vendida, que voltará a operar sob a marca Sidenor, tem capacidade instalada de 1 milhão de toneladas por ano.
O grupo brasileiro afirmou que as empresas continuarão colaborando no desenvolvimento de novos produtos de aço, particularmente para a indústria automotiva. A expectativa da Gerdau é que a transação seja concluída até julho.
conteúdo Veja