Extra… Extra – Lava Jato quer Cunha fora da política por 10 anos

Lava-Jato pede suspensão dos direitos políticos de Cunha por dez anos. MPF do Paraná propôs ação de improbidade administrativa contra o presidente afastado da Câmara


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

O Ministério Público Federal (MPF) em Curitiba propôs, nesta segunda-feira, uma ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra o presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), à Justiça Federal do Paraná. Para os investigadores, Cunha é beneficiário direto do esquema de corrupção instalado na Diretoria Internacional da Petrobras. Eles querem a cassação dos direitos político dele por 10 anos e o pagamento de uma multa superior a R$ 100 milhões.

“As investigações deixaram claro que o deputado Eduardo Cunha se valeu de seu mandato eletivo para sustentar o esquema de corrupção e obter vantagens ilícitas, desvirtuando a finalidade da função parlamentar para atender interesses espúrios particulares, comprometendo a imagem da Câmara dos Deputados, além de ter promovido expediente de lavagem de dinheiro no exterior, omitido a existência desse patrimônio e apresentando evolução patrimonial não justificada”, afirma o documento assinado pelos procuradores da força tarefa da Lava-Jato em Curitiba.




Ele não vai resistir. Seu destino já foi traçado:Sairá da política e entrará para história do Brasil como o homem que controlou o Congresso Nacional