ESCÂNDALO DA FIFA PODE DERRUBAR O GOVERNO DO BRASIL

Uma luz vermelha muito intensa está “acesa” no Palácio do Planalto, de uma forma nunca vista antes na história desse país.  José Maria Marin, ex-presidente da CBF, preso estratégicamente nos Estados Unidos, teria revelado aos investigadores da Suiça e Norte-Americanos, fatos  e detalhes devastadores do ponto de vista ético, envoltos num gigantesco esquema de corrupção que resultou na escolha do Brasil como sede da copa do mundo em 2014.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Nesse cenário surge João Santana,  o marqueteiro preferido da Presidente Dilma Rousseff, que segundo a revista Veja é o novo alvo da Operação Lava Jato.

O círculo está sendo fechado pelos investigadores com a descoberta de depósitos milionários em contas cifradas na Suiça em nome de Santana. A construção superfaturada de estádios para a Copa do Mundo, onde as empreiteiras da Lava Jato aparecem como executoras de obras gigantescas e desnecessárias como Brasília, Cuiabá, Natal e Manaus colocam o núcleo  do poder do Palácio do Planalto, no epicentro do furacão.

A informação não é solta não. O Cristalvox tem informações concretas que nas próximas horas o Brasil vai saber como  e porque  a  FIFA escolheu o Brasil para sediar a copa do mundo  de 2014. Os investigadores pedirão novas prisões e mostrarão quem ganhou muito dinheiro e quais foram os motivos que levaram Marin e outros dirigentes da FIFA para a prisão. O Brasil será o “caixão” e por aqui muitos barões serão impediosamente sepultados.

convite-facebook